segunda-feira, 24 de maio de 2010



“O povo da aldeia de Hahoe, em Andong, diz que quando você morre e passa para o outro mundo, o Deus da Morte pergunta se você assistiu a dança Hahoe. Caso contrário, ele lhe mandará de volta direto para este mundo. A dança Hahoe é muito importante…

A principal dança sul coreana é a "Dança das Máscaras", Onde cidadãos comuns podiam expressar suas opiniões e emoções através de máscaras, isto só era permitido á aristocracia. Agora,as máscaras tem simbologia mais religiosa.

As danças das máscaras tem muitos nomes na cultura coreana tradicional: t’alch’um, sandae-nori, ogwangdae-nori, yayu, pyolshin-gut-nori. Sandae-nori é o nome usado para a dança da máscara e drama de dança da máscara na região de Kyonggi, em Seul. Na parte norte da Coréia, o termo t’alch’um – literalmente “dança da máscara” – é usado. No sudeste, pessoas usam o termo yayu. Atualmente ainda são executadas 14 danças das máscaras tradicionais.

Como o tempo passou e a sociedade coreana se modernizou, a dança da máscara mudou. Seus elementos satíricos se tornaram mais pronunciados. Por outro lado, foram adotados elementos religiosos e espirituais recusados como dança da máscara como uma forma de entretenimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário